Posts

Prontidão estratégica (2): o capital humano

por Murilo Pinto, em cnj.jus.br/estrategia

O capital humano envolve as habilidades, o talento e o conhecimento dos funcionários. Para se medir este aspecto da prontidão estratégica, afirmam Kaplan e Norton, é preciso saber se os membros da equipe“possuem a habilidade certa na medida certa para realizar os processos internos críticos do mapa estratégico”. Leia mais

Desmistificando a inovação colaborativa

em www.hsm.com.br

A procura por talentos fora do meio corporativo que a empresa está acostumada pode criar resistência dentro do próprio ambiente empresarial. A dica de Mohanbir Sawhney é “abrir a mente” para se adequar à nova realidade da inovação.

Mohanbir Sawhney, diretor e professor do Centro de Pesquisa em Tecnologia e Inovação da Kellogg School of Management, da Northwestern University, falou nesta quarta-feira (29/6) durante o Fórum HSM Inovação & Crescimento sobre a crescente importância da rede colaborativa para a inovação. “Se você não fizer, a concorrência fará. Não importa onde você esteja, você compete em um mundo global”, alerta o membro do fórum econômico mundial e integrante do conselho de administração da revista Forbes. Leia mais

Prontidão estratégica (1): o que é?

por Murilo Pinto, em www.cnj.jus.br/estrategia

Como medir o valor de ativos intangíveis? Abrimos hoje uma série de artigos baseados no trabalho de Kaplan e Norton que aborda esse tema, focando na relação entre as perspectivas de aprendizado e procedimentos internos. No primeiro, fala-se sobre o conceito de prontidão estratégica e alinhamento.

Leia mais

Como ideias viram negocios

Com um bom plano de negócio é possível tirar uma ideia da cabeça, estruturá-la no papel e aplicá-la. Veja como.

Que o brasileiro é bastante criativo, a gente já sabe. Muitos talvez não tenham as oportunidades e condições propícias para fazer tantas ideias virarem bons e promissores negócios. A burocracia, os juros altos, os longos caminhos para a liberação de crédito e a demora no retorno são alguns dos entraves para quem se dispõe a empreender e arriscar-se. Leia mais

Inovação e execução: interdependentes

em www.hsm.com.br

Constituir uma boa equipe de inovação, com grande atenção às pessoas, suas responsabilidades e perfis aumenta em muito a probabilidade de um esforço de inovação.

“Quando as empresas nascem, tudo é inovação, mas, quando alcançam seu primeiro sucesso comercial, surge a exigência de maximizar a rentabilidade”, alerta Chris Trimble. Ele defende que a execução é peça fundamental da inovação. No entanto, quando as pessoas são premiadas pela busca de lucros, desvalorizam qualquer projeto que não traga contribuição imediata. E então, a sobrevivência saudável da companhia é ameaçada. Leia mais

5 dicas para reter os profissionais talentosos

em http://computerworld.uol.com.br/

Durante a recessão, é provável que a sua empresa tenha trabalhado duro para manter os melhores profissionais. Agora que o cenário econômico mostra sinais claros de melhoria, os esforços para reter executivos são ainda mais vitais. Leia mais

Pense de maneira inovadora e faça acontecer

em www.hsm.com.br

Para estimular a inovação, transforme funcionários em colaboradores e estes em gestores de seus próprios projetos.

Rotina corrida, se destacar entre os concorrentes, consolidar informações e organizá-las dentro da empresa, e ainda colocar ideias em prática nem sempre são tarefas tão fáceis e simples de serem desenvolvidas.  Muitas companhias ainda sentem dificuldade de produzir o material atual do seu segmento, pensar nas consequências benéficas para o futuro, além de oferecer ótimo preço, qualidade e ainda aplicar tecnologia ao desenvolvimento e elaboração do produto. Leia mais

A empresa é interessante para os colaboradores?

em www.hsm.com.br

Expectativas que vão além da remuneração levam profissionais de diversas gerações a buscarem também um bom plano de carreira e ambiente de trabalho. Confira!

Saber apresentar as estratégias da empresa para que os profissionais enxerguem as oportunidades e desafios propostos pode ser tão difícil quanto definir as metas da organização. Por isso, pequenas e médias empresas na hora de realizar a gestão de capital humano podem encontrar dificuldades de reter e contratar talentos. Leia mais

Escritórios de projetos: tendências e níveis de maturidade

por Deodato Santos Cunha, em http://www.pmisp.org.br

Para falarmos deste assunto, dividimos o artigo em duas partes. Primeiro vamos falar das tendências que permeiam o Project Management Office ou Escritório de Projetos – PMO e depois falaremos da maturidade de um PMO com algumas ferramentas existentes para a medição do seu nível. Leia mais

Você Pergunta: Empreender com excelência

em www.hsm.com. br

Jairo Martins, superintendente-geral da FNQ responde perguntas sobre como empreender e ter excelência na gestão do próprio negócio.

Os recursos são os mesmos. O que muda é a forma de criar valor buscando explorar uma nova oportunidade. Esta é a ideia que traduz o empreendedorismo, segundo Howard H. Stenvenson, professor da Universidade de Harvard. Leia mais

Oito Critérios de Excelência

em www.hsm.com.br

Confira oito caminhos que vão contribuir para a melhoria contínua e o bom desempenho dos resultados, além de auxiliar a empresa na busca pela excelência da gestão.

“As organizações vivem um processo evolutivo em que, para sobreviver no mercado, passaram a fazer não só a gestão da qualidade dos processos, mas também trabalhar a qualidade da gestão. Dessa forma, as empresas buscam a excelência, por meio de um processo contínuo e permanente, que gera resultados concretos”, ressalta Ricardo Correa, diretor executivo da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ), instituição reconhecida internacionalmente por disseminar a excelência em gestão e, com isso, contribuir para o aumento da competitividade das organizações e do Brasil. Leia mais

Educação a distância e a aprendizagem organizacional

em www.hsm.com.br

Desenvolver novas formas de aprendizado é um dos resultados que a convergência digital trouxe para os novos modelos de educação

A capacidade de aprender é essencial em tempos de transformação. Isso é válido desde a época em que a sociedade evoluiu para a atividade agropastoril, deixando a incerteza da coleta e da caça como únicas possibilidades de alimentação. Leia mais

A ciência à deriva

por Thomaz Wood Jr., em www.cartacapital.com.br

Investir (bem) em Pesquisa e Desenvolvimento é essencial para qualquer país que aspire ter um lugar ao sol. Investir (bem) em Pesquisa e Desenvolvimento em Administração de Empresas é essencial para qualquer país que pretenda gerir adequadamente seus recursos e ajudar suas organizações a prestarem bons serviços e suas empresas a serem competitivas. Leia mais

Dedique tempo na gestão de pessoas e aumente a produtividade

por Eduardo Ferraz, em www.hsm.com.br

A pergunta que mais ouço é: qual o caminho mais seguro para uma empresa aumentar sua produtividade e lucratividade? A minha resposta: os líderes deveriam gastar no mínimo 30% de seu tempo contratando, treinando e avaliando pessoas. Tomo emprestada a metáfora do consultor Jim Colins, que diz mais ou menos o seguinte:

Se a empresa fosse um avião, o comandante deveria ter quatro prioridades:

1- Embarcar as pessoas certas e desembarcar as erradas;
2- Colocar as pessoas certas nos lugares certos;
3- Definir a rota junto com estas pessoas;
4- Não descansar enquanto no mínimo 90% das pessoas estiverem orientadas e posicionadas.

Leia mais

Fábrica de Líderes

Veja a proposta de Vicente Falconi para a expansão e aumento de desempenho

Vicente Falconi, o mais renomado consultor de gestão do Brasil, comenta no livro “O Verdadeiro Poder”, de sua autoria, que tem visto em várias organizações governamentais e não governamentais, gerentes e diretores serem escolhidos porque são bons técnicos. Leia mais

Vicente Falconi: Execução já!

“Precisamos começar a executar”. Esta foi a síntese do talk show com Vicente Falconi durante o segundo dia do Fórum HSM de Gestão e Liderança 2011. Confira os principais destaques.

O professor Falconi abriu o bate-papo afirmando que está convencido de que já existe nas empresas uma quantidade de conhecimento muito grande. “O que falta nas empresas é execução, mas principalmente, fazer o que precisa ser feito. Nós precisamos começar a executar”. Para ele, as coisas simples podem ser executadas. “A cultura da não execução é uma coisa dramática, ainda mais quando existe a cultura da procrastinação. O fato fundamental é o seguinte: se eu não executar, nada acontece”. Leia mais

Novo mundo e nova liderança

por Cezar Souza, em www.hsm.com.br

Está esgotado o modelo atual de liderança, tal qual a conhecemos hoje. A dinâmica e a evolução da sociedade atual exigem uma nova forma de pensar e exercer a liderança

“É preciso abandonar as roupas usadas, que já têm a forma do corpo. É preciso esquecer velhos caminhos, que levam aos mesmos lugares”. Leia mais

Planejamento para um legado sustentável da Copa de 2014

por Juan Quirós, em www.grandesconstrucoes.com.br

O direito de sediar a Copa do Mundo de 2014, em 12 cidades, e a Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro, somente irá concretizar-se como grande e positiva conquista se viabilizar a solução dos gargalos da infraestrutura e, ao mesmo tempo, consolidar o conceito de construções verdes no Brasil. Essas duas metas devem ser contempladas pelos investimentos realizados em estádios, estradas, aeroportos e ferrovias, dentre outras obras, pois o mais importante das duas competições é o legado para o País e o seu impacto de longo prazo. Leia mais

John Kotter: Mudança em 8 passos

em www.hsm.com.br

Após apresentar, com base no exemplo de Jack Welch, os atributos pessoais que contribuem para a liderança efetiva da mudança, John Kotter detalha oito passos que conduzem a ela. Veja quais são. Leia mais

Seis fatores que estimulam a inovação nas empresas

em www.nei.com.br

Planejar uma estratégia e criar um ambiente propício para a inovação, dois dos principais facilitadores identificados num estudo realizado pela consultoria Pieracciani com empresas líderes em diversos segmentos. Leia mais